Doenças de inverno: como prevenir

Foto: Divulgação

Com a chegada do Inverno e alterações bruscas de temperatura, aumentam muito as incidências das doenças respiratórias. Nesta estação o ar fica mais seco e com a poluição mais concentrada.

Ambientes fechados favorecem a circulação de diversos tipos de vírus respiratórios, inclusive o da influenza. Cuidar da higiene, limpeza dos ambientes e manter uma alimentação saudável e a hidratação são medidas de prevenção importantes nesse período.

No caso das crianças, é recomendável – especialmente no ambiente escolar – que além das mãos, os brinquedos e objetos de uso comum sejam lavados com água e sabão ou higienizados com álcool gel a 70%. Nas creches, também é importante evitar que as crianças durmam muito próximas. A distância ideal entre elas é de um metro.

As principais doenças de inverno são as alergias respiratórias (rinite, bronquite e asma), gripe, resfriado, sinusite, pneumonia, amigdalite, bronquiolite e meningites. Vamos falar de cada uma delas separadamente, mas as medidas de prevenção são quase sempre as mesmas, sendo que para algumas delas há vacinas como a gripe e meningite.

No caso de sintomas de alguma dessas doenças - febre, tosse, espirro entre outros – procure o médico para que seja feito o diagnóstico correto e indicado o melhor tratamento para cada caso. Evite sempre a automedicação.

Fonte de informação: Blog do Ministério da Saúde

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS