Dezembro Laranja: cuidado com o sol

Foto: Divulgação

As crianças estão em início de férias e com esse calor, com certeza o melhor programa é a praia. Mas todo cuidado é pouco quando se está exposto ao sol.

Estamos no meio de mais uma edição do Dezembro Laranja, uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia que tem como objetivo alertar a sociedade sobre o câncer da pele, uma das doenças mais incidente no Brasil, com 176 mil novos casos por ano.

O câncer da pele atinge adultos e crianças e pode ser evitado com medidas simples de proteção. O uso do filtro, que deve ter fator de proteção de no mínimo 30 e precisa ser reaplicado a cada 2h; os chapéus e roupas com fator de proteção solar, que agora são facilmente encontrados no comércio, e o guarda-sol são cuidados fundamentais para a exposição ao sol.

Embora não seja muito comum, mas é indicado o uso de óculos escuros também para crianças e adolescentes. Os olhos das crianças têm a mesma sensibilidade à luz que os olhos dos adultos, portanto precisam de cuidados. O que se deve observar sempre é o fator de proteção contra os raios ultravioleta dos óculos.

Nunca exponha as crianças ao sol entre 10h e 16h. Durante o horário de Verão, das 11h às 17h. Crianças com menos de seis meses devem pegar sol muito cedo, antes das 8h (durante o horário de Verão pode ser às 9h) e sem protetor, para evitar a absorção de produtos químicos, mas no máximo por 15 minutos.

A hidratação também é fundamental nesses dias quentes de Verão. Ofereça água durante todo o dia, mesmo que não esteja na praia ou piscina. E outros tipos de líquidos, como suco, por exemplo, devem ser naturais da fruta sem adição de açúcar de preferência para crianças acima de 1 ano, mas sempre com moderação, o ideal é mesmo a água.

O Verão é uma estação linda, mas exige cuidados.

Em caso de dúvidas, procure orientação profissional.

Siga meu Instagram @ana_guerrieri e minha página no Facebook.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS