HO-HO-HO FASHION.

Foto: Divulgação

O Natal está chegando. Num piscar de olhos, já, já, ele está aí. E se você, assim como eu, vai passar o Natal em família, isso não pode ser um motivo para não estar à altura da ocasião. Lembre-se de que momentos especiais pedem looks poderosos. E, não importa onde você vai estar, é importante que você se lembre de que estará comemorando o aniversário da pessoa mais importante que já viveu em todos os tempos.

Tradicionalmente, vermelho, dourado, verde e branco são as cores do Natal. O que pouca gente sabe é que elas não foram escolhidas ao acaso e que existe um motivo para cada uma delas representar essa época do ano. E o seu significado vem sendo passado de geração em geração.

O vermelho representa o sangue de Cristo e o amor incondicional ensinado por Jesus. Além disso, a roupa do Papai Noel é vermelha, porque a existência dele foi baseada na lenda de São Nicolau, um bispo que distribuía doces para as crianças no Natal. E ele, como todos os bispos, usava vestes vermelhas.

O dourado traz em si a presença do divino, da luz e do sol. Simboliza, também, o ouro que foi dado de presente a Jesus por Melchior, um dos três reis magos, simbolizando sua realeza como filho de Deus. O dourado sempre apareceu nas árvores de Natal também com a estrela, que guiou o caminho dos reis magos pelo deserto.

O verde, por outro lado, representa esperança, resistência e resiliência. As pessoas, antigamente, usavam ramos de pinheiro, azevinho e hera para enfeitar suas casas no inverno porque essas são plantas que não perdem as folhas nessa época do ano. Era uma forma de lembrar a todos que o frio não duraria para sempre. A cor verde do Natal hoje aparece não só nas folhagens de guirlandas e na árvore de Natal, mas, também, em bolas, enfeites e em looks maravilhosos.

O branco simboliza pureza, inocência e a vinda de Cristo ao mundo. Ele também nos remete à neve e ao frio. É um símbolo de renascimento. No catolicismo, significa a vinda da luz de Cristo para o mundo.

Quando entendemos o significado das cores e o seu simbolismo, usá-las no Natal, tanto na decoração de nossa casa quanto na escolha da nossa própria roupa, ganha um novo sentido.

Mas, esse não é o lado fundamental do Natal. E, menos ainda, ganhar e receber presentes, embora seja muito prazeroso. Vestir um sorriso, espalhar amor, ser instrumento de bondade, levar felicidade e esperança a quem precisa, ser generoso e ainda arrumar tudo para receber a família e os amigos, isso sim, é o verdadeiro espírito do Natal porque essa foi a lição que Cristo nos ensinou desde o seu nascimento e durante toda a sua vida.

Para viver isso tudo, escolha uma roupa divina que pode ser vermelha, verde, dourada, branca, uma combinação delas todas ou nenhuma delas. Vista o que te fizer bonita e feliz. E lembre-se sempre que o Natal é a comemoração do nascimento Daquele que veio a esse mundo para nos salvar e ensinar que o fundamental é o Amor.

Honre Seus ensinamentos.

Feliz Natal

Mande um e-mail para moda.marciaalmeida@gmail.com para trocar idéias e sugerir temas ou envie um WhatsApp para (22)99700-0163.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS