Mulheres estão deixando o uso de lingerie de lado

Foto: Divulgação

A recomendação de muitos ginecologistas para que as mulheres usem menos roupas íntimas, principalmente na hora de dormir, parece que tem conquistado cada vez mais adesões. O número de adeptas que tem deixado as lingeries de lado aumenta dia a dia.

Essa orientação tem como finalidade contribuir com a saúde íntima feminina, tendo em vista que o excesso de roupas, tipo calcinhas com calça jeans, por exemplo, pode haver aumento de calor e de umidade nas partes íntimas. Dessa forma, a falta de transpiração faz com que aumente a proliferação de agentes patogênicos.

A pandemia também contribuiu muito para essa mudança de hábitos, já que o trabalho home-office permitiu a troca diária de vestuário. Todo mundo passou a executar suas tarefas “mais à vontade”, a não ser durante as reuniões virtuais com a chefia e a equipe de trabalho.

Dentre os benefícios desse processo de libertação, um dos mais citados é a redução da reprodução de fungos, como a candidíase, já que a vagina fica arejada e não se torna tão propícia a essa proliferação. De acordo com a ginecologista e obstetra, Sherry A. Ross, especialista em saúde feminina, a melhora do desempenho sexual pode ser outra vantagem, principalmente se o parceiro também abdicar da peça na hora de dormir. O contato pele a pele libera oxitocina, hormônio produzido pelo hipotálamo, conhecido por promover sentimentos de amor e, por consequência, união social e bem-estar.

SUTIÃ – O abandono do sutiã é muito mais comum entre as melhores do que a calcinha. Muitas mulheres, inclusive, alegam que a sensação ao tirá-lo ao chegar em casa pode ser comparada a um grande processo de libertação.

O fato de não usar sutiã também traz benefícios para a saúde feminina, como a melhora na circulação. Com o uso constante de um sutiã e a faixa que envolve todo o tronco do corpo, é fácil que a circulação não seja a melhor de todas, mas quando você parar de usá-lo, sua pele ficará mais firme e seus músculos se regenerarão.

Alguns ginecologistas acreditam que parar de usar sutiã ajuda a mulher a conhecer melhor seu corpo, permite que o peito fique mais forte porque, automaticamente, ele desenvolve um suporte natural para que os seios sejam apoiados; e pode eliminar as dores nas costas por conta da escolha do modelo e tamanho que variam de marca para marca.

No caso dos sutiãs, outro detalhe que fez com que muitas mulheres também os deixem de lado é a moda porque podem atrapalhar a composição dos looks escolhidos.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS