Diferença entre Refluxo Fisiológico e Patológico

Foto: Divulgação

Dra Ana Cristina

A regurgitação é uma queixa muito comum no dia a dia de um consultório de pediatria, mas nem toda regurgitação é doença.

O refluxo fisiológico é o retorno do conteúdo gástrico para o esôfago, devido as questões da anatomia e do estomago do bebê. Na criança maior e no adulto existem barreiras que impedem que o retorno ocorra.

Bebês que apresentam refluxo fisiológico podem apresentar inúmeros regurgitações por dia, mas sem outros sintomas associados

Essa regurgitação fisiológica é o que ocorre na maioria dos bebês e não deve gerar preocupação ou não é necessário uso de medicamentos.

Já o refluxo patológico é quando há associação de outros sinais, como dificuldade de ganho de peso, atraso no crescimento, irritabilidade ou dor abdominal, entre outros.

O que precisa ficar claro é que refluxo patológico ou doença do refluxo jamais pode ser diagnosticado pela simples informação de que o bebê regurgita.

LEMBRE-SE:
1. Bebês regurgitam e isso é normal. Não se preocupe!
2. É comum no primeiro ano de vida o refluxo fisiológico, indo diminuindo com o crescimento e desenvolvimento da criança.
3. A doença do refluxo deve ser diagnosticada por um pediatra e o tratamento prescrito pelo mesmo.

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS