Você sabe quais são as maiores bilheterias do cinema nacional?

s
Foto: Divulgação

O cinema nacional tem conquistado reconhecimento internacional e um grande número de espectadores aqui no Brasil. Você sabe quais são as maiores bilheterias das produções brasileiras?

Pois bem, a Agência Nacional do Cinema (ANCINE), órgão que tem o objetivo de fomentar, regular e fiscalizar a indústria cinematográfica, divulga em seu site várias listas que catalogam atividades relacionadas à exibição de filmes pelo Brasil.

Um fato curioso é que das 25 produções mais assistidas, praticamente a metade são de filmes dos Trapalhões com produções que variam entre o ano de 1976, com “O Trapalhão no Planalto dos Macacos” e “Simbad, o Marujo Trapalhão” até 1988 com “O Casamento dos Trapalhões”.

No entanto, a produção que detém o recorde de bilheteria, com 12 milhões de pagantes, é “Nada a Perder”, uma produção de 2018, dirigida por Alexandre Avancini e roteirizada por Stephen P. Lindsay e Emílio Boechat, que conta a trajetória do bispo evangélico, escritor e empresário Edir Macedo.

1. Nada a Perder (2018) – 12 milhões de pagantes
2. Os Dez Mandamentos: O Filme (2016) – 11,3 milhões de pagantes
3. Tropa de Elite 2 (2010) – 11,1 milhões de pagantes
4. Dona Flor e seus Dois Maridos (1976) – 10 milhões de pagantes
5. Minha Mãe é Uma Peça 2 (2016) – 9 milhões de pagantes
6. A Dama do Lotação (1978) – 6,5 milhões de pagantes
7. Se Eu Fosse Você 2 (2009) – 6,1 milhões de pagantes
8. O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão (1977) – 5,7 milhões de pagantes
9. Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia (1977) – 5,4 milhões de pagantes
10. Dois Filhos de Francisco (2005) – 5,3 milhões de pagantes
11. Os Saltimbancos Trapalhões (1981) – 5,2 milhões de pagantes
12. Os Trapalhões na Guerra dos Planetas (1978) – 5 milhões de pagantes
13. Os Trapalhões na Serra Pelada (1982) – 5 milhões de pagante
14. O Cinderelo Trapalhão (1979) – 5 milhões de pagantes
15. De Pernas pro Ar 2 (2012) – 4,8 milhões de pagantes
16. O Casamento dos Trapalhões (1988) – 4,7 milhões de pagantes
17. Coisas Eróticas (1982) – 4,7 milhões de pagantes
18. Carandiru (2003) – 4,6 milhões de pagantes
19. Os Vagabundos Trapalhões (1982) – 4,6 milhões de pagantes
20. Minha Mãe é uma Peça (2013) – 4,6 milhões de pagantes
21. O Trapalhão no Planalto dos Macacos (1976) – 4,5 milhões de pagantes
22. Simbad, o Marujo Trapalhão (1976) – 4,4 milhões de pagantes
23. O Rei e os Trapalhões (1980) – 4,2 milhões de pagantes
24. Os Três Mosquiteiros Trapalhões (1980) – 4,2 milhões de pagantes
25. O Incrível Monstro Trapalhão (1981) – 4,2 milhões de pagantes

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS